Atendimento ao doador

(21)3257-2769 | (21) 98471-8261(whatsapp)

institucional@providencia.org.br

Segunda à Sexta, de 9h as 18h

BLOG

Confira as notícias e fique por dentro das novidades do Bando da Providência.

O Banco da Providência é uma das 100 melhores ONGs do Brasil

09.08.2017

 
 
O Banco da Providência e outras 99 organizações acabam de ser reconhecidas como as melhores ONGs do Brasil. Trata-se da primeira edição da #melhoresOngs e é uma iniciativa do Instituto Doar e a Revista Época. Teve um número surpreendente de inscrições, mais de 1500. A premiação já nasce com êxito. São mais de 300 mil ONGs no Brasil. Entre associações de caridade, organizações da sociedade civil, institutos e fundações filantrópicas, estar entre as 100 é sinal de competência.
 
As organizações filantrópicas nunca aparecem na mídia a não ser para dizer de suas dificuldades ou de casos isolados de desvios de recursos públicos. Acontece que a ampla maioria das organizações faz um trabalho sério e estava na hora de reconhecê-lo, premiando a gestão e transparência das melhores. Para o Instituto Doar, que valoriza os bons exemplos através de um Selo de Qualidade chegou a hora de criar um estímulo para as ONGs e uma vitrine para os potenciais doadores se decidirem a doar. ONGs exemplares merecem o reconhecimento e o dinheiro de doadores conscientes. É esse o objetivo do Prêmio Melhores ONGs.
 
O Banco da Providência foi criado em 1959 e durante mais de 50 anos colabora para promover transformações sociais na Cidade do Rio de Janeiro. Assumiu o desafio de atuar com famílias em situação de pobreza extrema; moradores de rua e egressos do Sistema Penitenciário. Sobretudo, é inovador por utilizar ferramentas de gestão e alcançar resultados em reduzir os índices de pobreza. Criando metodologias nas áreas da formação, qualificação para o trabalho e geração de renda. Com a experiência vivida promove a multiplicação de conhecimentos em cursos de formação em gestão para instituições de base comunitária.
 
É cada vez mais forte a nossa crença de que apenas juntando esforços podemos enfrentar o desafio da redução da desigualdade social em nossa cidade e é por esta razão que a cada ano investimos mais na relação com os nossos financiadores, parceiros, contribuintes, voluntários e lideranças comunitárias que juntamente com a equipe, nos ajudaram a conquistar este Prêmio Melhores ONGS.
 
Para o Instituto Doar, mais do que um prêmio e seus vencedores, há um ecossistema que se beneficia do processo todo. Um Oscar não premia somente os ganhadores da estatueta, mas põe pra cima todo um setor, estimula uma competição saudável, não entre pessoas ou instituições mas, entre o que se é e o que se pretende ser. Uma ONG pode e deve ser estimulada a melhorar continuamente, assim como os diretores ou cenógrafos de um filme.
 
Em todo o mundo há dados que confirmam que certificações, prêmios e reconhecimentos aumentam significativamente a confiança dos doadores e consequentemente aumenta o volume de doações. No Brasil, como em outros casos, há pouca pesquisa sobre isso. Podemos destacar uma experiência que foi descontinuada, mas que em seu curto tempo de vida gerou excelentes resultados.Trata-se do Prêmio Beneficente, de Stephen Kannitz. Ele trouxe dados interessantes sobre a experiência:
 
● As 50 instituições mais bem administradas do ano dobraram a sua renda de donativos nos três anos seguintes.
● Em média receberam R$ 2.000.000,00 de donativos adicionais no triênio seguinte.
● A maioria do dinheiro adicional veio de pessoas que nunca haviam doado antes.
 
O objetivo é que não só estas primeiras 100, mas o maior número possível de ONGs, entre as mais de 300 mil existentes neste país, possam através desta parceria do Instituto Doar com a Revista Época, estabelecer padrões para a melhoria contínua. Aumentam sua legitimidade e reputação e aumentam os recursos de doadores para elas.
 
Processos administrativos, contábeis, financeiros, de comunicação, são verificáveis. Recomenda-se que sejam públicos e transparentes, já que os recursos são provenientes de doações e patrocínios e se espera o melhor uso desse dinheiro. Metodologias, pedagogias e procedimentos de cada ONG com seus públicos não podem nem devem ser comparáveis nem muito menos ranqueados. Mas a gestão e a transparência dos recursos, sim. É isso que o premio mediu e é assim pretende seguir fazendo: premiando ONGs cujos dados são mensuráveis e objetivos.Melhores ONGs é, portanto um guia que facilita para o doador na hora de escolher pra quem doar. É hora de valorizar o que é nosso e apoiar o Banco da Providência.
Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload